Blogger Template by Blogcrowds

.

Olá!
Gostaram da postagem passada, sobre minha querida afilhada Bruna Frazão? Visitaram o blog da moça?
Pois bem, vamos a mais uma linda e talentosa autora, que me surpreendou enquanto revisava e editava o material enviado via Facebook.
Com vocês, Ana Macedo!


Ana Macedo, por ela mesma.
Honestamente, acho um tanto quanto ridículo falar como tudo isso começou.
Vamos por partes; primeiro dizendo quem sou eu e um pouco sobre minhas convicções.
Sou uma garota qualquer, uma criança, de dezesseis anos correndo avidamente atrás de um sonho, quando, na verdade, deveria estar estudando pro vestibular. Tenho depressão e, apesar de ser apaixonada por livros e histórias no geral, desde sempre passei a escrever com maior frequência como uma espécie de “fuga da realidade”, no intuito de não crescer.
Detalhes à parte, meu nome é Ana Macedo, autora de Lágrima de Fogo, um livro do gênero fantástico que irá às lojas em meados de 2012, com o selo Novos Talentos da Literatura Brasileira, pela Editora Novo Século.
Sempre fui o tipo de pessoa que acredita em destino, não naquela coisa imutável, mas numa espécie de caminho pré-estabelecido, no qual suas escolhas te conduzem, porém não acreditava em sorte, ainda assim devo dizer que talvez, e só talvez, esse fator tenha interferido (e muito) no meu “destino”.
A questão é que ter o mesmo sonho várias vezes, com criaturas que eu simplesmente idolatrava, não me pareceu coincidência. Enfim, por uma série de fatores isolados, comecei a escrever um conto, “empurrando com a barriga”, e antes que eu notasse, tinha história o suficiente para nada mais nada menos que OITO livros, oito mundos, uma infinidade de criaturas mágicas e um blog de divulgação feito por uma amiga.
Antes que o primeiro livro estivesse finalizado, recebemos uma proposta de editora.
Se não foi sorte, no mínimo teve a ver com “estar no lugar certo, na hora certa, com o texto certo”; pense como quiser. Foi então que notei que tudo aquilo estava ficando sério, e é aí que a gente vai atrás de inspiração. As minhas principais foram músicas e imagens.
Imagens de revistas, de jornais, um carro passando na rua ou a escadaria de uma igreja. Coisas simples, mas que traziam um significado.
As músicas eram em sua maioria músicas clássicas e music box, mas normalmente não obedeciam a um padrão. As principais sempre foram:
Song Of A Secret Garden
Sad Romance – Thao Nguyen Xanh
Davy Jones Music Box (de preferência com som de chuva)
Shouri - Zen No Theme (acho que vão se lembrar dessa)
Promise e Promise (reprise) – Sillent Hill 2
Lilium – Elfen Lied
Lullaby e Music Box – Nox Arcana
Buried Alive e Strengh Of The World – Avenged Sevenfold
This Is War – 30 Seconds To Mars
Vermillion Part 2 – Slipknot
Diary Of Jane, Evil Angel, Dance With Devil e Breath – Breaking Benjamin
Your Guardian Angel – Red Jumpsuit Apparatus

Considerando que a história, basicamente, se passa em um mundo paralelo ao nosso, tido no início como um mundo mágico de pureza e castidade (denominado Agnitellure) e que, por diversos motivos, eles entraram em conflitos e guerras.
Nada melhor que H. G. Wells. E foi assim que surgiu nosso primeiro quote, “Se não acabarmos com a guerra, ela acabará conosco”, que para mim foi a consolidação “oficial” da obra.
E cá estamos nós agora, com a ajuda de bons amigos, tentando divulgá-la.

A história
Nada é como realmente imaginamos. No universo existem 8 mundos paralelos, entre eles Agnitellure. Conhecido como “a terra casta”, o sexto mundo é uma terra mágica repleta de criaturas fantásticas. Durante vários milênios todas as raças viveram em harmonia e paz, mas mesmo neste mundo a paz não durou.
Quando anjos caídos e dragões decidem invadir o terceiro dos oito mundos, denominado “Terra”, os anjos recebem ordens dos quatro grandes protetores de Agnitellure para que levem a mais mortal e perigosa criatura de todas para a terra casta: os Humanos.
Dizem que os anjos traidores conseguiram voltar para o sexto mundo, mas os dragões que ousaram ultrapassar os véus dos mundos não puderam fazê-lo e em pouco tempo foram exterminados na Terra. Agnitellure nunca mais fora a mesma. As criaturas mágicas passaram a se esconder, deixando que os humanos tomassem boa parte do mundo. Uma guerra milenar, banhada em ódio e sede de poder, estourara entre os dragões, e uma nova guerra está para surgir.
Em meio a tudo isso, nossa história começa.
Lágrima de Fogo - Livro 1: Terra de Sombras* conta a história de Annabelle, uma jovem híbrida que cresceu acreditando que era humana, mas tudo muda quando, após sua tia lhe contar um segredo, ela é atacada por um dragão. Annabelle acaba sendo salva por uma criatura semelhante, mas que parece ser feita de pedras preciosas. A criatura revela-se um “Drakenae”, que, segundo os contos que rondam os oito mundos, é uma linhagem de dragões que podem assumir a forma humana, tida como "nobre" entre todas as criaturas.
Mas tudo parece surreal demais, principalmente porque não só este homem e sua raça, mas todo o mundo que ela acreditou conhecer esconde segredos que parecem sair das páginas dos livros que sempre gostou, lendas que a jovem jamais imaginou que pudessem ser reais.

* Terra de Sombras ou Mundo de Sombras, o título está passando por uma fase de edição que ainda não chegou a uma conclusão


Minhas considerações
Ao contrário de Passiflore ou de O Lobo, não tive a oportunidade de ler muita coisa do livro da moça, exceto aquilo que está no blog. Pelo que vi e acompanhei, a obra merece sim a nossa atenção, sobretudo pela autora ser tão nova, algo que desperta a nossa atenção, numa época que muitas meninas da idade dela se preocupam com coisas supérfluas.
Eu já reservei os meus livros.

 Autores já citados:
ü     Bruna Frazão.

Próximos autores:
Ø     Eric Musashi;
Ø     Júlio Verne;
Ø     C. S. Lewis;
Ø     Kamila Zoldyek;
Ø     H. G. Wells.


10 Comments:

  1. Fábio Pedro Racoski said...
    Frases positivistas, como "essa menina vai longe" ou "ela tem muito talento para pouca idade", seriam incoerentes e "deselegantes" - usando uma palavra da moda.

    Estou com João Cabral de Melo Neto: o trabalho do autor é 90% transpiração e 10% inspiração. E é isto que a Ana mostra: trabalho, seriedade e convicção, atributos pouco abundantes em qualquer pessoa, não importa a idade. Um dos melhores frutos da Geração 90/2000, rotulada como "Geração Y" ou, ainda, "Geração Z".

    Se a Ana continuar neste caminho, sempre em evolução, será um dos grandes nomes da Literatura. E já está se tornando uma das grandes revelações.
    Juan said...
    Já conheço o trabalho da Ana a algum tempo. Ela escreve super bem e tem tudo para chegar longe. ;D
    Anônimo said...
    Tô apaixonado pelo seu livro, espero que seja lançado logo!!!
    Gominha said...
    Antes de tudo... Sucesso Ana! Sério, você merece garota.

    Ate agora estou rindo de felicidade, sério, fiquei muito feliz mesmo por você ^-^. Até pedi que umas amigas comentassem esse post também ò.ó

    I'm so proud of you *---*
    Bih Lima said...
    Já conhecia o livro e achei um máximo!
    Um dia ainda vou ter ele em mãos.
    Beijosss
    Bianca,
    Book mania
    http://bookmaniablog.blogspot.com/
    Bianca said...
    Sucesso >.<
    Estou doida para ler =D
    A estória é muito boa =D

    Bianca
    Um Universo Fantástico
    Alec Silva said...
    Olá, gente!
    Esta é a intenção desta série de postagens: quebrar paradigmas e mostrar ao nosso país os talentos ocultos ou pouco notados, como é o caso de Ana e de Bruna.
    Talento todos temos, uns desenvolvem antes, outros depois, mas todos têm, e são poucos os que lutam pelos seus sonhos.

    Agradeço imensamente a visita e que retornem mais vezes, pois este blog é para todos, de leitores a escritores.
    Rissia Ribeiro said...
    Uma estrei notavel ! Ela concerteza é muito jovem mas tem uma imaginaçõa e tanta ! Ja tive sonhos parecidos com esse livro mas nunca pensei em escrever o que prova que ela tem muita criatividade , usando um sonho de uma noite para se torna uma exelente historia de aventura e pelo o que eu vi romance ! Quero esse livro na minha casa quando lançar , serei uma das primeiras a comprar ! Minhas colegas com qual comentei a historia vão ficar felizes por saber que logo a historia estara nas livrarias ! Tenho certeza que ela fara muito sucesso !
    Jessica Mothé said...
    Parabéns, Ana! Me interessei bastante pela história! Tem tudo pra ser um grande sucesso! Continue com essa dedicação e você vai longe! ;D
    JUMUTANO said...
    Realmente ... Ótimo trabalho te desejo sucesso =D quero ler isso ai em u___u

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Licença Creative Commons
A obra "A Fábula Inacabada" de Alec Silva foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em afabulaoficial.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar disponíveis em http://afabulaoficial.blogspot.com/.

Outros Textos Meus

divulgar textos | publicar artigo