Blogger Template by Blogcrowds

.

Dragão-libélula, criação minha,
segundo visão de Jorge Rafael.

A única raça de dragões totalmente inofensiva, presente exclusivamente nos penhascos das Ilhas Abismais.

Criaturas facilmente domesticáveis, os dragões-libélulas são animais de montaria preferidos das casas, sobretudo as de Myh e de Whauel, por serem dignos da nobreza. É comum ainda serem usados por caçadores, pois são extremamente ágeis no ar, realizando complexas manobras áreas.

A sua aparência é de um lagarto, como é observado na maioria dos dragões, porém com asas transparentes e resistentes, em dois pares, lembrando as de uma libélula, escamas brilhantes e multicoloridas. Apesar de ictiófagos, há registros de uma alimentação rica em frutos, insetos grandes e aves marinhas em tempos de procriação. Ovíparas, essas criaturas põem de oito a quinze ovos de vinte centímetros, alongados, que são chocados apenas pelo calor solar, processo que pode levar cinco meses no verão e onze meses no inverno. Os ninhos são construídos em buracos rasos nas encostas, forrados com algas e folhas de palmeira.


Minha inspiração.
Nas Ilhas Abismais há dezenas de colônias desses animais, sendo que cada colônia possui até trezentos indivíduos.

2 Comments:

  1. Paul Law said...
    Os posts explicativos de criaturas são muito bons para fazer os leitores imaginar. Acho que podemos entender melhor a saga com estes detalhes...

    Dragões Libelulas e Canórios são massas ^^'

    Um abraço, Alec
    Alec Silva said...
    Valeu, Paul!!


    Essas duas criaturas são apenas uma prévia do que tenho a oferecer nesta saga insana!!


    Abraços!

Post a Comment



Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Licença Creative Commons
A obra "A Fábula Inacabada" de Alec Silva foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Partilha nos Mesmos Termos 3.0 Não Adaptada.
Com base na obra disponível em afabulaoficial.blogspot.com.
Permissões adicionais ao âmbito desta licença podem estar disponíveis em http://afabulaoficial.blogspot.com/.

Outros Textos Meus

divulgar textos | publicar artigo